sábado, 24 de maio de 2014

Clayber de Souza - 7 Discos.

“Considerado entre os dez melhores harmonicistas do mundo, com diploma concedido em 1979 pela Fábrica de Gaitas Hohner, Clayber pertence a escola moderna de ‘Toots Thielemans’ e seu estilo é inusitado. Inusitado, pois além de contrabaixo e diversos instrumentos de percussão, Clayber executa 40 tipos diferentes de harmônicas e, em arranjos especiais, pode executar até 6 instrumentos simultaneamente.
Com 57 discos e Cds gravados em todo o mundo e, mais de 2000 jingles de propaganda, Clayber já atuou ao lado de Oscar Peterson, Billy Eckstein, Flora Purin, Hermeto Paschoal, Airto Moreira, César Camargo Mariano, além de ter integrado grupos como: Sambossa-5 e os trios Sambalanço, Jongo e Sambrasa.
Há 60 anos no exercício da harmônica de boca, Clayber joga toda a sua experiência em um método próprio de ensino em que o aluno pode suprir todas as dificuldades utilizando-se de mais de 500 ‘Play-backs’ como processo de motivação.
Blues, countries, chorinhos, jazz, valsas, e clássicos populares fazem parte do método ‘CLAYBER – HARMÔNICAS DE BOCA’.
Em 1993 apresentou-se no Teatro Municipal de São Paulo, juntamente com a Orquestra Sinfônica de Repertório, sob a regência do maestro Jamil Maluf com a peça sinfônica ‘Street Music’. Foi o tema escolhido para a participação do Balet da Cidade. Clayber tocou como solista convidado com as gaitas ‘Blues’ e foi, assim, o primeiro artista sul-americano a participar de um evento desta magnitude.
É diplomado como professor de Gaita de Boca e também diplomado como Instrumentista, ambos conferidos pela Academia Brasileira de Arte e Cultura.
Foi diplomado como o melhor do Brasil pela Fabrica de Gaitas Hering, e diplomado pelo Instituto Cultural da Fraternidade Universal recebendo o título de Comendador Grã-Cruz”.
Em shows executa: Bossa Nova, Jazz, MPB, Blues, Country, bem como jingles de sua composição.
Faz parte, nestes últimos anos, do espetáculo ‘Revolução Constitucionalista de 1932 – Os sons da Guerra’, o Show do Jingle, um retrospectivo da estória da propaganda Brasileira, e o seu próprio espetáculo “Clayber de Souza - Gaitas in Concert e Trio”.

Um comentário:

  1. Muito bom o trabalho de Clayber. Sou fã e aprendi muito do que sei da harmônica ouvindo seu trabalho musical.

    ResponderExcluir