quinta-feira, 31 de março de 2016

Caetano Veloso - Discografia Completa (1967-2012)

Caetano Emanuel Viana Teles Veloso
Nasceu a 7 de agosto de 1942, em Santo Amaro da Purificação, Bahia. Filho de José Telles Veloso, funcionário público do Departamento de Correios e Telégrafos, e de Claudionor Vianna Telles Veloso, mais conhecida como dona Canô. Tem sete irmãos: Nicinha, Clara, Mabel, Irene, Rodrigo, Roberto e Maria Bethânia (cujo nome escolhera por causa de uma valsa do compositor pernambucano Capiba). Seu sobrenome não vem com o "n" e o "l" dobrados em Vianna e Telles, respectivamente, por descuido do escrivão. Desde menino, demonstrou interesse pela música, pintura e depois pelo cinema. Tirava de ouvido canções aprendidas no rádio e pintava a óleo, a princípio paisagens e casarios, e mais tarde abstrações. Em 1952, gravou "Feitiço da Vila" (Vadico e Noel Rosa) e "Mãezinha querida" (Getúlio Macedo e Lourival Faissal), acompanhado ao piano por Nicinha, sua irmã mais velha. A gravação não teve intenção profissional, foi apenas de circulação familiar. Durante o ano de 1956, num curto período em que morou em Guadalupe, no Rio de Janeiro, freqüentou o auditório da Rádio Nacional, palco de apresentações dos maiores ídolos musicais brasileiros da época. No ano seguinte, retornou a Santo Amaro. Em 1959, conheceu o trabalho de João Gilberto através do LP "Chega de saudade", apresentado por um amigo do ginásio. Este seria o músico que mais influenciaria sua trajetória artística: "No João, parece que é tudo mais justo, necessário: melodia, as vogais, as consoantes, os sentimentos, o respeito por aquela forma, que ele reconheceu ali, o jeito daquelas coisas se expressarem esteticamente. João traduz a canção." (Songbook Caetano Veloso vol.1). Em 1960, após concluir o curso ginasial (atual ensino fundamental), mudou-se com a família para Salvador, onde concluiu o colegial (atual ensino médio). Entre os anos de 1960 e 1962, escreveu críticas de cinema para o "Diário de Notícias". Neste mesmo período, aprendeu a tocar violão e cantou com a irmã Maria Bethânia em bares de Salvador. Ingressou na Faculdade de Filosofia, da Universidade Federal da Bahia, em 1963. Ainda neste ano, conheceu e tornou-se amigo do ídolo que já conhecia pela TV, Gilberto Gil, apresentado pelo produtor Roberto Santana. Conheceu também Gal Costa, ainda chamada de Maria da Graça, e Tom Zé. Casou-se, em 21 de novembro de 1967, com a baiana Dedé Gadelha, numa cerimônia que traduzia os ares contraculturais da época. No dia 22 de novembro de 1972 nasceu seu primeiro filho com Dedé, Moreno Veloso, e no dia 7 de janeiro de 1979, Júlia, que morreu dias depois. Seu pai morreu em 13 de dezembro de 1983, aos 82 anos. Em 1986, já separado de Dedé Veloso, uniu-se à carioca Paula Lavigne, com quem teve mais dois filhos, Zeca Lavigne Veloso, nascido no dia 7 de março de 1992, e Tom Lavigne Veloso, nascido em 25 de janeiro de 1997, em Salvador, no dia do aniversário de Tom Jobim.

Caetano Emanuel Viana Teles Veloso
Born August 7, 1942, in Santo Amaro da Purification, Bahia. Son of José Telles Veloso, a civil servant in the Department of Posts and Telegraphs, and Claudionor Vianna Telles Veloso, better known as Dona Canô. It has seven brothers Nicinha, Clara, Mabel Irene, Rodrigo, Roberto and Maria Bethania (whose name chosen because of a waltz of Pernambuco composer Capiba). Your last name does not come with the "n" and "l" and bent at Vianna Telles respectively by Registrar of carelessness. Since boy showed interest in music, painting and then the cinema. Took ear songs learned on the radio and painted the oil, the principle landscapes and houses, and later abstractions. In 1952, he recorded "Spell of the Vila" (Vadico and Noel Rosa) and "dear heavenly Mother" (Getúlio Macedo and Lourival Faisal), accompanied on piano by Nicinha, her older sister. The recording was not professional intention was only familiar circulation. During the year 1956, in a short period he lived in Guadeloupe, in Rio de Janeiro, attended the auditorium of the National Radio, stage performances of the greatest Brazilian musical idols of the time. The following year, he returned to Santo Amaro. In 1959, he met the work of João Gilberto through the LP "Chega de saudade", introduced by a friend of the gym. This would be the musician who most influence his artistic career: "In John, it seems that's all more fair necessary: ​​melody, vowels, consonants, feelings, respect for that way, he recognized there, the way those things express themselves aesthetically. John translates the song. " (Caetano Veloso Songbook vol.1). In 1960, after completing junior high school (today elementary school), he moved with his family to Salvador, where he completed high school (current high school). Between 1960 and 1962, he wrote movie reviews for the "Daily News". In the same period, he learned to play guitar and sang with her sister Maria Bethania in bars in Salvador. He joined the Faculty of Philosophy of the Federal University of Bahia in 1963. In the same year, he met and became friends idol who already knew the TV, Gilberto Gil, presented by producer Roberto Santana. also met Gal Costa, also called Maria da Graça, and Tom Zé. He married on 21 November 1967, with the Bahian Dedé Gadelha, a ceremony that reflected the countercultural air of the season. On November 22, 1972 was born her first child with Dede, Moreno Veloso, and on January 7, 1979, Julia, who died days later. His father died in December 13, 1983, after 82 years. In 1986, already separated from Dede Veloso, he joined the Rio Paula Lavigne, who had two more children, Zeca Lavigne Veloso, born on March 7, 1992, and Tom Lavigne Veloso, born on January 25, 1997, in Salvador on Tom Jobim's birthday.

Leia Mais Em/Read More At:

Nenhum comentário:

Postar um comentário